Melqui Lima é pós-graduado com especialização em Assessoria de Imprensa pela Faculdade do Vale do Ipojuca e graduado em Comunicação Social pela Universidade Estadual da Paraíba.

Já atuou na Rádio São Domingos FM (Brejo da Madre de Deus) em 2007, na Rádio 101,9 FM (Santa Cruz do Capibaribe) de 2007-2008, na Estação Sat (Santa Cruz do Capibaribe) de 2008-2009 e atua até hoje na Rádio Vale AM. Onde desenvolve os trabalhos de produtor e apresentador do programa VALE MAIS.

Atualmente é o responsável pelo Blog do Melqui, assessor de imprensa do vereador Ronaldo Pacas, jornalista da Rádio Vale AM, assessor de imprensa do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e mestre de cerimônias. Entre em contato pelo blogdomelqui@hotmail.com ou flipicomunicacao@gmail.com.

Acompanhe o Melqui Lima




Mural

Melqui Lima
A Voz do Brasil presta um grande serviço à sociedade. Mas se você não quer deixar de ouvir a transmissão de mais de 1/3 dos jogos da Copa que acontecerão às 19h e quer mais informação de trânsito, música e entretenimento nesse horário, a voz do seu deputado precisa falar por você. Essa é a hora! O Brasil quer a flexibilização do horário da Voz do Brasil votada e aprovada. Particip...
Terça, 22 Abril 2014 17:35
Melqui Lima
Super Manhã - de segunda à ***ta, a partir das 8h da manhã. Tarde Livre - de segunda à ***ta das 14h às 16h. Participe pelos telefones 3731-4033 ou 9275-6290
Quarta, 12 Março 2014 16:44
Deixe o seu recado!

Raquel Lyra assina Projeto de Lei que libera auxílio pra sulanqueiros prejudicados por incêndio

A prefeita Raquel Lyra assinou um Projeto de Lei para destinar um auxílio aos sulanqueiros que tiveram seus bancos queimados no dia 16 de maio, quando um incêndio destruiu 25 bancos do Parque 18 de Maio. Os comerciantes receberão a quantia de R$ 3 mil, para cada banco danificado. O valor deverá ajudar na compra de material para a reconstrução. “A gente precisa realmente oferecer esse auxílio para que esses bancos possam ser reconstruídos, o mais rápido possível”, explicou o secretário de Serviços Públicos, Humberto Correia Júnior.


O levantamento dos nomes dos comerciantes prejudicados foi realizado pela Secretaria e repassado para a prefeita. “Foram identificados todos os bancos”, informou Humberto Correia. O próximo passo será passar pela Câmara de Vereadores. Caso seja aprovado o Projeto de Lei, o sulanqueiro poderá retirar o valor. “Os comerciantes deverão se dirigir à Secretaria da Fazenda, com os respectivos documentos, identificando que são os donos dos bancos, para poderem receber o dinheiro.”


A Secretaria de Serviços Públicos, através da assessoria de imprensa, divulgará a data para que os sulanqueiros possam fazer a retirada do valor, caso o Projeto de Lei passe pela aprovação dos vereadores.


Fonte: Blog do Mário Flávio