Tem 30 anos. Pós-graduado com Especialização em Assessoria de Imprensa pela Faculdade do Vale do Ipojuca, graduado em Comunicação Social pela Universidade Estadual da Paraíba.

Já atuou na Rádio São Domingos FM (Brejo da Madre de Deus) em 2007, na Rádio 101,9 FM (Santa Cruz do Capibaribe) de 2007-2008, na Estação Sat (Santa Cruz do Capibaribe) de 2008-2009 e atua até hoje na Rádio Vale AM. Onde desenvolve os trabalhos de produtor e apresentador do programa VALE MAIS.

Atualmente é o responsável pelo Blog do Melqui, assessor de imprensa do vereador Ronaldo Pacas, jornalista da Rádio Vale AM, diretor da Flipi Comunicação e assessor de imprensa da Secretaria Municipal de Assistência Social de Taquaritinga do Norte. Entre em contato pelo blogdomelqui@hotmail.com ou pelo flipicomunicacao@gmail.com.

Acompanhe o Melqui Lima



Mural

Melqui Lima
A Voz do Brasil presta um grande serviço à sociedade. Mas se você não quer deixar de ouvir a transmissão de mais de 1/3 dos jogos da Copa que acontecerão às 19h e quer mais informação de trânsito, música e entretenimento nesse horário, a voz do seu deputado precisa falar por você. Essa é a hora! O Brasil quer a flexibilização do horário da Voz do Brasil votada e aprovada. Particip...
Terça, 22 Abril 2014 17:35
Melqui Lima
Super Manhã - de segunda à ***ta, a partir das 8h da manhã. Tarde Livre - de segunda à ***ta das 14h às 16h. Participe pelos telefones 3731-4033 ou 9275-6290
Quarta, 12 Março 2014 16:44
Deixe o seu recado!

A dica do Dr. Daniel Joakson

A sensação de liberdade que o andador oferece é uma grande ilusão. O equipamento impede a criança de explorar adequadamente o espaço em que está inserida.

Um pequeno objeto no solo que desperte a atenção do bebê passa a se tornar algo inalcançável para o pequenino, pois o andador não fornece condições para que ele pegue e reconheça a peça.

Já o bebê que não usa o andador tem total liberdade de sentar-se no chão, engatinhar ou até mesmo se apoiar nos móveis até chegar ao local desejado.

É importante lembrar que enquanto manuseia objetos e brinquedos, o bebê está desenvolvendo seu cérebro.
É bem clara como uma atitude relaciona a outra.

O que pode ocorrer também com as crianças que usam o andador é a ausência de estímulos pelos pais. Como a criança gosta do andador por movimentar mais rápido, ficam quietinhas e brincam sozinhas e são “esquecidas” pelos pais. 

A falta de estímulo pode causar uma deficiência no desenvolvimento neuropsicomotor. Sem mencionar que os acidentes podem provocar graves lesões nas crianças que utilizam o andador.

Os acidentes mais comuns são os tombos, quando as crianças usam os pés para se impulsionarem para trás e batem a cabeça, e as quedas em degraus.

O uso do andador compromete o desenvolvimento global das crianças. Os pais devem pensar nas consequências do andador antes de comprá-los.

Não há criança que deixou de aprender a andar por falta do andador. Acompanhe sempre o desenvolvimento do seu filho com atenção ! Não podemos tirar ou pular as fases do desenvolvimento neuropsicomotor da criança.

#dicadofisio #drdanieljoakson #Semandador #criançasegura #criançasaudavel

 

Dr. Daniel Joakson, fisioterapueta

Curso de Odontologia da Asces-Unita está entre os melhores do Brasil, segundo MEC

Com quase 60 anos de existência o curso de Odontologia da Asces-Unita é referência no nordeste, e mais uma vez, é eleito pelo MEC como um dos melhores do país. De acordo com o relatório do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), do Ministério da Educação (MEC), divulgado nesta segunda-feira (27/11) com a avaliação de cursos de graduação em odontologia no país.

A base do estudo é o CPC (Conceito Preliminar de Curso), formado por 8 componentes agrupados em 3 dimensões da qualidade da formação dos futuros dentistas.

 

As dimensões são: desempenho dos estudantes (que leva em conta a nota no Enade, entre outros fatores), corpo docente (nota de proporção de mestres e doutores entre os professores, por exemplo) e condições oferecidas para o desenvolvimento do processo formativo (entre as quais estão notas referentes à organização didático-pedagógica e infraestrutura).

 

A nota contínua vai de 0 a 5. Os melhores cursos, de acordo com o MEC, estão no CPC faixa 5 e têm CPC contínuo entre 3,945 e 5.

 

O CPC faixa é calculado a partir do CPC contínuo. Os cursos com nota contínua maior ou igual a 3,945 “pulam” para valor máximo do CPC faixa, igual a 5, mas só se tiverem nota maior que 0,945 em todos os 8 componentes avaliados. Caso contrário, mesmo obtendo nota contínua maior ou igual a 3,945, o curso terá CPC faixa igual a 4.

Essa nota é calculada para os cursos de graduação que tenham no mínimo dois estudantes concluintes participantes no Enade. Os cursos que não atendam a esse critério ficam na condição de “Sem Conceito (SC)”. Vale lembrar que não são consideradas universidades que não participam do Enade, entre as quais está a USP (Universidade de São Paulo).

O curso de Odontologia da Asces-Unita foi o único do interior de Pernambuco a ter nota 4, considerado pela avaliação como na faixa dos melhores cursos ofertados. Os resultados se referem ao ciclo de avaliação de 2016 do MEC.

HMV realiza II Semana Interna de Prevenção de Acidentes

Teve início ontem (27) e segue até a próxima sexta (01) a II Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Hospital Mestre Vitalino. A programação conta diariamente com palestras voltadas para os colaboradores da unidade. Ontem a temática foi sobre os tipos de precaução, com a Enfa. Amanda Aguiar, coordenador de pacientes externos do HMV.

 

Hoje (28) a programação segue com uma palestra voltada para a prevenção de acidentes com perfurocortantes, com o Enfo. Paulo Isac, professor da Unifavip/Devry. No dia (29),a partir das 14h o tema debatido será “Trânsito Seguro” com José Floro, instrutor de trânsito. Na quinta (30), às 10h, será a vez da palestra sobre a importância da ginástica laboral, com Patrícia Bezerra, coordenadora de Fisioterapia do HMV; e por último, na sexta-feira (01), o Dr. Adalberto de Lima irá tratar da prevenção do HIV no âmbito hospitalar.


“Nós que estamos diariamente lidando com a assistência precisamos estar atentos às medidas de precaução para evitar acidentes no espaço hospitalar, por isso a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA elaborou essa programação voltada para a formação dos colaboradores do HMV”, explica a presidente da CIPA, Dalma Maciel.

Tricentenário comemora dois anos na gestão do Hospital Mestre Vitalino

Ontem (20), a Organização Social em Saúde do Hospital Tricentenário completou dois anos na gestão do Hospital Mestre Vitalino (HMV). A unidade 100% SUS é a maior e mais moderna do interior de Pernambuco, com mais de 47 mil metros quadrados. O investimento para construção foi de 102 milhões de reais, com verbas do governo Federal e Estadual.



O Tricenetnário tem muito que comemorar, pois ao longo desse segundo ano de gestão inaugurou o serviço de hemodinâmica, deu início aos atendimentos de gastropediatria para crianças com Síndrome Congênita do Zika/Microcefalia, além das cirurgias cardiológicas e o recente anúncio da assinatura da ordem de serviço para a Oncologia, tudo isso voltado para o atendimento humanizado de mais de um milhão de habitantes que residem nos 53 municípios que compõem a 4ª e 5ª região de Saúde.

http://picasion.com/


Em comemoração a data, a direção do HMV preparou um momento de confraternização para todos os colaboradores da unidade. Na oportunidade o diretor do Hospital, Dr. Marcelo Cavalcanti, agradeceu a equipe pelo trabalho neste período. “Se pudéssemos voltar e ouvir o discurso de um ano atrás perceberíamos que hoje o que vou dizer só vem reforçar a gratidão que sentimos de poder administrar este hospital com pessoas tão competentes e empenhadas. Tenho certeza que não teríamos conseguido levar para a população o SUS que ela merece, se vocês não estivessem conosco lidando diretamente com essa assistência. Então hoje só nos resta agradecer e dizer que queremos estar junto com vocês por muito anos”, pontuou.



Durante o momento, o diretor médico da unidade, Dr. Marco Túlio; a chefe de enfermagem, Renide Melo; e o coordenador administrativo do Hospital do Tricentenário, Murilo Rocha; também externaram seus agradecimentos. Em seguida, todos os colaboradores participaram de um coffee break.

UNINASSAU inaugura Escovódromo Móvel em escola pública de Caruaru

Nesta segunda-feira (20), o curso de Odontologia da Faculdade UNINASSAU Caruaru realiza mais uma ação do projeto de extensão UNISORRISO, desta vez em parceria com a Prefeitura de Caruaru e o projeto Um sorriso do tamanho do Brasil da Associação Brasileira de Odontologia (ABO). A ação será realizada na escola municipal José Clemente, localizada no sítio Cachoeira Seca, zona rural de Caruaru. Os alunos do 4º período farão levantamento epidemiológico, além de realizar palestras de forma lúdica sobre temas relacionados à saúde bucal, instrução de higiene oral seguido de escovação supervisionada e aplicação tópica de flúor.

O projeto marca a inauguração do Escovódromo Móvel, que apresenta pias e espelhos com temporizador, onde os alunos de Odontologia levarão as crianças para realizar a escovação e incentivar o autocuidado. Serão contempladas com a ação 650 crianças do 1º ao 5º ano. "Ao adquirirmos o Escovódromo Móvel, pensamos em oferecer para a população carente a chance de receber as orientações de higiene oral supervisionada na sua própria comunidade, inclusive na própria escola onde estuda. Essa ação possibilita também aos nossos alunos desfrutar de uma estrutura específica para colocar em prática os conhecimento teóricos das disciplinas de Estágio em Saúde Pública", informa a coordenadora do curso de Odontologia da UNINASSAU Caruaru, Juliana Vaz.


Projeto UNISORRISO


No último dia 20 de outubro, cerca de 100 estudantes do curso de Odontologia da UNINASSAU Caruaru deram início ao projeto UNISORRISO com um levantamento epidemiológico nos alunos do 1º ao 3º ano do ensino fundamental, com faixa etária entre 7 a 10 anos, de uma escola pública municipal de Caruaru. Cerca de 350 crianças foram atendidas durante a iniciativa.